Todos os posts de eduardo

Marcados dois novos Encontros da Rede Municipalista: no Piauí e no Amazonas

Marca de Rede Municipalista
Esta é a logomarca da Rede Municipalista

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) marcou o I Encontro da Rede Municipalista em outros dois Estados. Teresina (PI) sediará o encontro, nos dias 10 e 11 de setembro, e Manaus (AM), nos dias 15 e 16 de setembro. Belo Horizonte (MG), em 18 e 19 de agosto, havia sido confirmado anteriormente e é o próximo a receber a capacitação.

Nesta quarta-feira, 12 de agosto, o evento acontece em Porto Alegre (RS). A abertura ocorreu ontem, dia 11, com mais de 200 gestores participantes. João Pessoa (PB) foi o primeiro a receber o encontro, nos dias 6 e 7 deste mês.

O objetivo da CNM é se aproximar de um gestor nomeado pelo prefeito ou prefeita. Fazer dele o contato direto entre entidade e Município. Para ter sucesso com o projeto Rede Municipalista, a Confederação então irá de Estado em Estado capacitar este agente.

As inscrições para o I Encontro da Rede Municipalista em Minas Gerais, Piauí e Amazonas podem ser feitas no hotsite www.acaomunicipalista.cnm.org.br.

Encontro da Rede Municipalista no Rio Grande do Sul reúne mais de 200 participantes

Foto: Antonio Grzybowski
Foto: Antonio Grzybowski

O Município de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, recebe nesta terça-feira, 11 de agosto, o I Encontro da Rede Municipalista no Estado. Mais de 200 pessoas participaram do evento, que se estende até amanhã. A ideia é aproximar as cidades brasileiras e sua principal entidade representativa, a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

A campanha da Rede Municipalista foi lançada durante a XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, em maio deste ano. Durante o evento, os prefeitos foram convidados a indicar o nome de um representante no Município que pudesse ser o ponto de contato com a CNM, o agente municipalista.

Agora, os agentes municipalistas se reúnem para o primeiro encontro oficial. A proposta é disseminar informações, conhecimento e experiências sobre gestão pública local. Em Porto Alegre, a programação do evento acontecerá ao longo de dois dias.

Programação
Durante a manhã deste dia 11 de agosto os participantes puderam assistir a uma palestra sobre a construção da rede e o pacto federativo. Ainda hoje, na parte da tarde, haverá um debate sobre o contexto atual do movimento municipalista.

Para o dia 12 de agosto estão previstas duas outras apresentações. A primeira sobre o papel do agente municipalista na rede e a segunda sobre projetos da CNM, como o Urbem e o Realidade Municipal. Inscrições podem ser feitas pelo site do Ação Municipalista.

Edição inaugural do Encontro Municipalista capacita gestores em João Pessoa (PB)

2370Mais de 110 pessoas participaram nos dias 6 e 7 de julho, em João Pessoa, Paraíba, do I Encontro da Rede Municipalista. O evento, promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), visa motivar, capacitar, orientar e trocar informações com os gestores e servidores municipais sobre as reivindicações municipalistas.

A Rede é um projeto que faz parte do movimento municipalista e foi lançada na capital paraibana. No evento, a CNM abordou a importância da revisão do pacto federativo e toda a sua luta para que projetos de lei relevantes que tramitam no Congresso sejam aprovados na Câmara e no Senado. A entidade também orientou como os gestores municipais podem pressionar os parlamentares para que a pauta municipalista avance no Legislativo e Executivo.

Na oportunidade, a Confederação ainda destacou a Mobilização Permanente que aconteceu na última quarta-feira, 5 de julho, em Brasília. Na ocasião, a CNM, gestores e vários representantes das associações estaduais estiveram reunidos com o Presidente do Senado e parlamentares para que possam encontrar uma solução que amenize a crise dos Municípios. O movimento também foi recebido pelo vice-presidente da República, Michel Temer.

Rede Municipalista
O evento na capital paraibana teve uma expressiva participação de pessoas que aderiram à Rede Municipalista. Os representantes capacitados no Encontro serão os agente municipais responsáveis pela difusão das informações em seus respectivos Municípios. Eles foram indicados pelos gestores e ficarão encarregados de manter as prefeituras informadas sobre todas as decisões que ocorrerem em Brasília.

O evento na Paraíba foi apenas o primeiro de uma série de encontros que estão previstos em vários Estados neste segundo semestre. A CNM vai debater com outros gestores ações que possam viabilizar a gestão nos Municípios. Também vai distribuir cartilhas para os representantes municipais com orientações de como a entidade pode ajudar os Municípios.

As próximas edições do I Encontro da Rede Municipalista irão acontecer ainda neste mês. Porto Alegre, Rio Grande do Sul, vai receber o evento na terça-feira, 11 de agosto. Já no dia 18 será a vez de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Presidentes das estaduais convidam gestores a participarem da Rede Municipalista

O I Encontro da Rede Municipalista foi idealizado para aproximar a Confederação Nacional de Municípios (CNM) de um servidor indicado pela autoridade maior de cada prefeitura. Três eventos estão marcados até o momento. Dias 6 e 7 de agosto, em João Pessoa (PB); dias 11 e 12, em Porto Alegre (RS) e 18 e 19 de agosto, em Belo Horizonte (MG).
Os presidentes das entidades municipalistas destes três Estados convidaram os gestores municipais a participarem deste encontro. Tuta Guedes da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Antônio Júlio, da Associação Mineira de Municípios (AMM), e Luiz Carlos Folador, da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), gravaram vídeos para a TV CNM.

No I Encontro da Rede Municipalista, a CNM pedirá que os prefeitos e as prefeitas levem ao evento um servidor de confiança para estar em contato direto com a Confederação. Esse nomeado será capacitado na ocasião.

Vereadores e demais agentes municipalistas são convidados a fazerem parte desta rede.

Rede Municipalista ganha 400 novos membros na Marcha

Uma das orientações do presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, durante a XVIII Marcha foi o fortalecimento da rede municipalista. Somente durante o evento, foram coletados no balcão de atendimento mais de 400 novos contatos.

Durante a Marcha, os gestores municipais foram convidados a indicar uma pessoa no Município que fosse o principal ponto de contato com a entidade, o agente municipalista. Um folder explicava quem poderia ser essa pessoa e quais seriam suas funções. No material também estava disponível um formulário que deveria ser entregue pelos prefeitos.

A ideia é que o agente municipalista seja de confiança pessoal do prefeito e possa servir de elo de integração entre a CNM e associações ou federações.

Para isso, ele deve acompanhar frequentemente o site da Confederação para se informar sobre eventos, mobilizações e demais atividades promovidas para a entidade. Depois, repassar essas informações ao prefeito.

Como destacou Ziulkoski, “a rede municipalista é fundamental para um contato mais rápido e ágil com vocês [prefeitos]”. Até o momento, a CNM já possui mais de 2.600 agentes municipalistas registrados.

Rede Municipalista será oficializada na XVIII Marcha a Brasília

Ter contato direto e seguro com ao menos um servidor em cada Município é o objetivo da Rede Municipalista. O projeto será lançado oficialmente durante a XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, marcada para 25 a 28 de maio. Durante o evento, os prefeitos e prefeitas, maiores autoridades da gestão local, poderão indicar e cadastrar um assessor de confiança para receber todas as informações que partirem do movimento municipalista.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem se esforçado nos últimos anos para tornar a Rede uma realidade. A quantidade de informações que saem da entidade, as inúmeras pesquisas feitas pela CNM e as mensagens de emergência passam sempre por alguns empecilhos para chegar até os prefeitos e demais agentes municipais. A ideia é ter, dentro de cada prefeitura, apenas um servidor para receber e disseminar o conteúdo transmitido pela CNM com todos os interessados.

Durante a Marcha, no “Espaço CNM”, haverá um ambiente voltado especialmente para a Rede Municipalista. Os prefeitos e prefeitas deverão procurar o atendimento para indicar o servidor responsável por este contato direito com a Confederação. O indicado receberá mailings, sms e responderá pesquisas. Será um passo à frente pela aproximação entre Municípios e CNM.